O que é FLIP?

Para entender o FLIP, precisamos imaginar o seguinte cenário: o founder possui uma empresa brasileira, operando no Brasil, e tem sócios no Brasil. Fazer o “FLIP” é colocar a estrutura da empresa nos Estados Unidos, ou em uma Offshore, acima da operação brasileira. Nesse contexto, os sócios também sobem para esta nova estrutura criada fora do país de origem da empresa. 

 

Vantagens do FLIP  

  • Acesso a investidores internacionais: Fazer o FLIP facilita a captação de investimentos para uma startup. A empresa que faz o FLIP consegue captar fora do Brasil uma vez que sua holding se encontrará em ecossistema maduro como o dos Estados Unidos. Essa é uma grande vantagem.  
  • Acesso ao mercado: a empresa passa a ter uma posição global, expandindo seu poder de venda fora do país.  
  • Ampliação de mão de obra: a mão de obra, principalmente na área de tecnologia, é muito ampla nos EUA. 

 

Qual o momento de flipar?   

Quanto mais cedo, melhor. Quanto mais cedo, menor o custo e, menos transações envolvidas.  

“Começamos a empresa em 2000. Em 2010 nós pegamos tração em várias regiões do Brasil. Olhando para trás eu percebo que uma empresa de Software que não tem ambição de ser global está começando errado. E a gente demorou para chegar a essa conclusão. Chegamos a essa conclusão em 2012, foi quando vimos que se não atacássemos não conseguiríamos nos defender. Começamos a abrir em outros países da América Latina. E aí em 2016 começamos a considerar o FLIP. Demorou mais de dois anos para ser executado porque nós tínhamos muita dificuldade de encontrar a estrutura ideal.” –  Geraldo Thomaz, Co-CEO e founder da VTEX.  

Quando a empresa toma a decisão de “Flipar”, é essencial que ela analise os impactos tributários que isso terá para a empresa operacional e os acionistas. Nossa equipe trabalha com centenas de planejamentos tributários empresariais por ano. 

A internacionalização da estrutura da empresa é fundamental para despertar o interesse de investidores estrangeiros no negócio. A maioria dos investidores nos EUA, por exemplo, não desejam correr o chamado “risco Brasil”, já que não conhecem a legislação brasileira e receiam a burocracia no Brasil.
Portanto, para atrair investimentos no exterior, a startup deve investir em um bom planejamento tributário e corporativo, identificar os objetivos de curto, médio e longo prazo e iniciar o processo de reestruturação corporativa fora do país. Os tipos mais comuns são o Delaware FLIP, que envolve a incorporação de uma empresa no estado de Delaware nos EUA, ou o FLIP em uma jurisdição offshore, como por exemplo, Cayman.
Para saber mais sobre Flip acesse: https://drummondadvisors.com/startup/como-fazer-flip/

Empresas que confiam em nós

Conteúdos exclusivos para você se aprofundar no assunto

Escolha o seu plano

Básico

4,000

À vista | 2 semanas

Intermediário

Mais Popular

7,000

À vista | 4 semanas

Premium

11,000

50% à vista e 50% em 30 dias | 6 a 8 semanas

OBSERVAÇÕES

  •  Os honorários incluem taxas ordinárias de abertura nos órgãos de registro (taxas de urgência cobradas à parte). Os honorários não incluem despesas associadas à documentação, tais como cartórios, correios, tradução (exceto tradução juramentada dos documentos para CNPJ) etc.
  • A estimativa de prazo pressupõe (i) o pagamento de taxas comuns para abertura da empresa (sem taxa de urgência) e (ii) agilidade do cliente em coletar assinaturas com sócios e demais stakeholders.
  • A abertura da empresa em Cayman terá custo adicional aproximado de US$900 de custas governamentais + US$1,800 de registered office fee pro rata no ano de abertura + despesas anuais de manutenção (aproximadamente US$3,400 ano). A abertura em Cayman exige procedimentos de “Anti-Money Laundering” e “Know Your Client”; nos honorários estão incluídos os procedimentos para até 5 sócios.
  • O escopo do Flip em Cayman está incluído (em torno de $3,000 cobrados pelo escritório de Cayman), considerando a execução de um Flip simples de até 5 sócios.
  • O escopo negativo não tem intenção de listar todas as atividades excluídas do escopo. O escopo negativo é exemplificativo, listando atividades que comumente são requeridas em conexão com o Flip. As atividades não expressamente indicadas no escopo serão cobradas por valor/hora conforme tabela padrão da Drummond e de seu parceiro em Cayman.

Contato

Drummond Advisors

O conteúdo aqui apresentado é fornecido apenas para fins informativos e não tem a intenção de substituir a obtenção de consultoria contábil, fiscal, jurídica ou financeira de um profissional. A apresentação das informações não se destina a criar uma relação cliente-contador ou cliente-advogado. Recomendamos ao indivíduo que acessa o material não agir de acordo com essas informações sem auxílio direto de um profissional. Informações relativas à tributação nos EUA visualizadas aqui não se destinam a serem utilizadas com a finalidade de evitar sanções sob a legislação americana. 

© 2024 · Drummond Advisors