fbpx

Visto E2: um dos vistos de trabalho mais rápidos e simples para te levar aos Estados Unidos

Posted by on

Você sabia?

Brasileiros com dupla cidadania de países como Itália, Espanha, Alemanha, Argentina e outros podem aplicar para o visto de trabalho E-2, uma das formas mais rápidas, simples e baratas para trabalhar nos EUA. 

Veja abaixo algumas informações importantes e saiba mais detalhes clicando aqui.

O que é o visto E-2? 

O E-2 é um visto de trabalho temporário, de classificação não imigrante, que permite que cidadãos de países com o qual os Estados Unidos possuem tratado sejam admitidos nos EUA ao investir uma quantia substancial em uma empresa americana. 

Esse visto pode ser utilizado pelo investidor que deseja trabalhar na empresa investida ou por um funcionário desta empresa, desde que ambos possuam a mesma nacionalidade.

São muitos os países que possuem esse tratado internacional com os EUA, sendo alguns destes: Itália, Espanha, Alemanha, Áustria, Argentina, Chile e França.

Por que fazer um visto E-2?

É possível fazer o processo de obtenção do E-2 com agilidade, praticidade e redução de custos. O visto E-2 é processado pelo consulado americano localizado no país em que o beneficiário reside (em oposição a outros vistos, que são processados pelo USCIS – agência em solo americano); isto faz com que o processo seja mais rápido, mais simples e mais barato que a grande maioria dos vistos norte-americanos.

Outro ponto relevante é que o valor a ser aplicado pelo investidor é muito menor que o do EB-5 e as exigências do número de contratações de funcionários nos EUA também é reduzido se comparado a outras modalidades de visto.

Um brasileiro sem dupla cidadania pode aplicar para o visto E-2?

Não. Porém, brasileiros que também possuam cidadania de países como Itália, Espanha, Alemanha e Argentina podem pedir o visto E-2. Para uma lista completa de países que possuem tratado com os EUA para fins de visto E-2, clique aqui.

Qual a duração do visto E-2?

A duração depende do tratado firmado entre os EUA e o país da sua nacionalidade. Existem países que possuem prazo de até 5 anos e outros têm prazo de validade inferior a 1 ano, dependendo do acordo de reciprocidade entre eles.

Veja mais informações no vídeo: