Vistos EUA

Informações sobre agendamento de vistos nos Consulados dos EUA no Brasil

No dia 08 de novembro os Estados Unidos passaram a aceitar a entrada de estrangeiros no país sem necessidade de quarentena e a Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil retomaram suas atividades presenciais, conforme noticiado no nosso último comunicado (clique aqui para ler). A Embaixada e alguns Consulados dos EUA no Brasil fizeram lives em suas redes sociais, fornecendo algumas informações adicionais e respondendo algumas das dúvidas dos participantes. Seguem abaixo os principais pontos mencionados nesses eventos online, que foram acessíveis para todos os seguidores das páginas oficiais da Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil: 1. Consulados entrarão em contato com os aplicantes de vistos que tiveram entrevista cancelada? Depende do tipo de visto: a. Vistos não-imigrantes: não entrarão em contato para reagendar apontamentos cancelados. O aplicante deve fazer o agendamento online na data que tiver disponível. b. Vistos imigrantes: aguardar o Consulado dos EUA no RJ agendar (e-mail será enviado ao aplicante informando a data agendada). 2. Submeti o form DS-160 para o Consulado de SP e vejo pelo site oficial de agendamento que há disponibilidade para fazer a entrevista em Recife. Posso agendar? Sim, pode agendar em outro Consulado dentro do Brasil. Especial atenção: algumas pessoas podem ter sua conta bloqueada por excesso de acessos e tentativas de agendamento. Se isso acontecer, basta seguir as orientações do próprio site para resetar a conta, não deve haver nenhuma perda de conteúdo nesses casos. 3. Já submeti o DS-160 e paguei a taxa consular, mas até o momento não consegui agendar a entrevista, o que fazer? a. Continuar tentando agendamento online, novas datas serão disponibilizadas pelos Consulados. A Missão Diplomática dos EUA no Brasil entende que muitos solicitantes de visto pagaram a taxa de solicitação de visto e ainda estão aguardando para agendar uma entrevista de visto e está comprometida em fazer o maior número de atendimentos possíveis, mas o volume de vistos aguardando processamento é enorme. Eles não reembolsarão o pagamento das taxas consulares, mas a validade das taxas pagas foi estendida até 30 de setembro de 2023, para permitir que todos os solicitantes que não puderam ainda agendar uma entrevista de visto devido à suspensão das operações consulares de rotina tenham a oportunidade de agendar e/ou comparecer a uma entrevista de visto com a taxa já paga; b. Alguns casos de renovação de visto não-imigrante são elegíveis para isenção de entrevista: quando o aplicante faz o pagamento da taxa consular online o próprio site identifica se o caso é elegível e, se for, vai disponibilizar agenda somente para a coleta de biometria no CASV. Se não for elegível, duas datas serão disponibilizadas: a da coleta de biometria e a da entrevista consular; c. Você pode solicitar uma entrevista antecipada, mas primeiro é necessário agendar uma entrevista regular na data mais próxima disponível. Em seguida, acesse sua conta, clique em “Continuar”, selecione “Request Expedite” e siga as instruções. Os agendamentos antecipados só serão concedidos a critério da Seção Consular. As circunstâncias que podem ser consideradas para agendamentos antecipados incluem: i. Morte ou funeral de um parente imediato, doença grave ou acidente com risco de vida que ocorra nos Estados Unidos.ii. Tratamento médico urgente para o solicitante ou seu filho menor.iii. Um solicitante de visto de estudante ou de intercâmbio (F/M/J) cujo formulário I-20 ou DS-2019 tenha uma data de início anterior à primeira data de agendamento disponível para a entrevista do visto.iv. Uma necessidade inesperada de viajar para os Estados Unidos para fins de negócios urgentes que está ocorrendo antes da primeira data de agendamento disponível para a entrevista de visto.v. Uma visita inesperada de significativa importância cultural, política, jornalística, esportiva ou econômica que esteja ocorrendo dentro de 10 dias após a primeira data de agendamento de entrevista;vi. Para entrevistas agendadas para 8 de novembro de 2021 e depois, solicitantes que não puderam comparecer a uma entrevista agendada devido a um motivo médico documentado (como um teste COVID-19 positivo).vii. Crianças menores de 2 anos viajando com pais(s) que tenham vistos válidos.viii. Uma necessidade inesperada de viajar para os Estados Unidos para um evento significativo da vida de um parente imediato, como um casamento ou batizado que seja antes da primeira data disponível para a entrevista de visto. ix. Cônjuges (legalmente casados) e filhos menores de 21 anos de idade de cidadãos americanos. As circunstâncias consideradas para a entrevista antecipada podem variar. Quando você solicitar uma consulta rápida, você verá a lista de circunstâncias aceitáveis no país onde está solicitando um visto. 4. Quanto tempo após a entrevista consular ou após a coleta de biometria (nos casos de isenção de entrevista consular) o visto será impresso e o passaporte será devolvido? Até 10 dias úteis. 5. Estou com passagem marcada para os EUA, mas ainda não consegui agendar entrevista no site. O que fazer? Se você não for elegível ao pedido de entrevista antecipada sua passagem deve ser remarcada. O Consulado não priorizará quem está com viagens agendadas que não se enquadre no item 3.c. acima nem se responsabilizará por prejuízos financeiros decorrentes de remarcação de passagens e estadias, então a recomendação é não agendar passagem até ter o visto em mãos. 6. A partir de 08/11/2021 o que os passageiros estrangeiros devem apresentar às companhias aéreas no momento do embarque aos EUA?As companhias aéreas verificarão o status da vacinação através de um comprovante em papel, uma foto do comprovante em papel, ou um aplicativo digital (não precisa ser em inglês!). O teste negativo de COVID-19 também deve ser apresentado (PCR ou antígeno, feito até 72 horas antes de embarcar em um avião para os Estados Unidos). Favor contatar sua companhia aérea antes de ir para o aeroporto com qualquer dúvida sobre a verificação de seu status de vacinação. As companhias aéreas precisarão:• Verificar o nome e a data de nascimento para confirmar que o passageiro é a mesma pessoa refletida na prova de vacinação;• Determinar que o comprovante foi emitido por uma fonte oficial (por exemplo, agência de saúde pública, agência governamental) no país onde a vacina foi

Informações sobre agendamento de vistos nos Consulados dos EUA no Brasil Read More »

Visto K-1 para Noivo(a)

O visto K-1 é um visto de não imigrante destinado para que o(a) noivo(a) estrangeiro(a) entre nos Estados Unidos e se case com o Peticionário dos EUA no prazo de 90 dias após sua chegada. Esse processo é feito por meio do formulário I-129F, Petição para Noivo(a) Estrangeiro(a), protocolada junto ao Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS). Para reunir elegibilidade para um visto para noivo(a), o USCIS exige alguns documentos comprobatórios importantes, como: Prova de que o Peticionário é cidadão dos EUA (certidão de nascimento, passaporte dos EUA, certidão de naturalização…); Prova de que o Peticionário e o Beneficiário são legalmente livres para se casarem (prova de divórcio, se for o caso); Uma declaração de intenção de boa fé de se casar assinada pelo Peticionário dos EUA e pelo Beneficiário Estrangeiro; Prova de que o Peticionário e o Beneficiário se conheceram pessoalmente no prazo de 2 anos antes da apresentação da petição (podem ser aplicadas exceções); Assim que o USCIS aprovar a petição I-129F (prazo de cerca de 7 meses), eles transferirão o processo para o Centro Nacional de Vistos (NVC). O NVC é parte central do Ministério das Relações Exteriores dos EUA que reúne e pré-seleciona toda a documentação necessária para a entrevista no Consulado. Nesta fase, o Beneficiário Estrangeiro precisará preencher o formulário DS-160, Solicitação Online de Visto de Não Imigrante, e pagar as taxas do NVC. Após o NVC analisar toda a documentação, e nenhuma outra informação for necessária, a entrevista no Consulado será agendada no país de origem do Estrangeiro em questão. Um documento extra para a entrevista Consular será o Exame Médico, feito por um médico autorizado. Quando o Consulado aprovar o visto K-1, o Beneficiário Estrangeiro terá 90 dias para se casar com o Peticionário após a entrada nos Estados Unidos. Se o casal decidir não se casar, o Estrangeiro em questão não poderá mudar a natureza de seu visto e terá que deixar o país. Depois que o casal se casar, o Beneficiário Estrangeiro poderá ajustar seu visto preenchendo o formulário I-485 junto ao USCIS para se tornar um Residente Permanente Legal (LPR).  Para obter outras informações sobre a fase de ajuste do visto, visite: https://drummondadvisors.com/en/2021/05/18/family-based-immigration-marriage-adjustment-of-status-by-us-citizen-petitioner/ (favor observar que algumas etapas podem ser diferentes). Em caso de qualquer dúvida sobre Petições Familiares, favor não hesitar em me contatar pelo e-mail bsquires@drummondadvisors.com Escrito por Bruna Squires, associada da Drummond Advisors Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no whatsapp Compartilhar no email Vamos conversar ?

Visto K-1 para Noivo(a) Read More »

Brasil se destaca em solicitações de visto EB2

O número de profissionais qualificados buscando visto especial para os Estados Unidos está aumentando. O visto EB2-NIW é concedido pelo governo americano para indivíduos com grande qualificação ou que possuem habilidades extraordinárias de interesse para o país. Este visto não requer uma oferta de trabalho para ser solicitado. Hoje, o Brasil ocupa a quarta posição no ranking de solicitações para o visto EB2-NIW, atrás apenas de Índia, China e Coreia do Sul. De acordo com o Valor Econômico, a cota anual para a emissão de vistos EB2-NIW é de 140 mil, mas o governo americano anunciou que esse número irá aumentar para 240 mil a partir de outubro. Um dos motivos do aumento de solicitações por visto é a maior flexibilidade do governo Biden com relação à política imigratória, que torna mais fácil a obtenção de vistos por brasileiros. Existem três alternativas para ser elegível ao EB-2, são elas: Ter mestrado ou doutorado; ou Ser bacharel com cinco anos de experiência; ou Preencher três das exigências a seguir: diploma educacional na área, cartas documentando ao menos 10 anos de experiência, licença profissional, comprovação de que recebeu remuneração compatível, filiação a associação profissional e resultados profissionais significativos). Caso opte por não depender de uma oferta de emprego, o profissional terá que pedir a dispensa da vaga de trabalho via National Interest Waiver (NIW), demonstrando que a sua presença nos Estados Unidos será benéfica ao país e que poderá suprir alguma carência e/ou agregar valor ao mercado norte-americano. EB2 para quem possui habilidades extraordinárias “Indivíduo de capacidade excepcional” é aquele que apresente pelo menos três (3) dos seguintes itens: Um diploma ou outro certificado acadêmico no campo relacionado à área de capacidade excepcional do indivíduo; Cartas de empregadores atuais ou antigos evidenciando pelo menos 10 anos de experiência no campo; Uma licença profissional ou certificação no campo; Evidência de que o indivíduo teve um salário alto com base em sua habilidade excepcional; Associação a organizações ou associações profissionais; Reconhecimento de conquistas, prêmios e contribuições significativas para o campo por colegas, entidades governamentais e/ou organizações profissionais ou empresariais. Escrito por Marcos Ferreira, assistente de conteúdo da Drummond Advisors Saiba mais sobre o visto EB-2 em: Green Card EB2 | EB2-NIW Tudo sobre Green Card EB2 | EB2-NIW Leia também: EUA atrai profissionais qualificados, e buscas por green card aumentam Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no whatsapp Compartilhar no email Vamos conversar ? Notícias relacionadas

Brasil se destaca em solicitações de visto EB2 Read More »

Acúmulo de solicitações de vistos nos Estados Unidos devido ao coronavírus

A pandemia do COVID-19 suspendeu efetivamente a imigração para os EUA, uma vez que os agendamentos para entrevistas consulares são escassos ou inviáveis, fazendo com que as emissões de vistos de imigrante e não imigrante caiam significativamente. Acúmulo de solicitações de vistos para imigrantes e não imigrantes  A suspensão dos serviços rotineiros de visto e as proibições de viagens devido à COVID-19 reduziram a emissão de vistos de imigrantes a um quarto dos níveis anteriores à pandemia. O acúmulo de vistos de imigrantes no National Visa Center (NVC) aumentou 800% durante a pandemia, colocando mais de 481.965 imigrantes na fila de espera para agendar uma entrevista. Em todo o mundo, apenas 22.576 entrevistas para visto de imigrante foram agendadas para maio de 2021. O acúmulo de solicitações de vistos de não imigrante vem sendo igualmente avassalador durante a pandemia: uma média de menos de 126.000 vistos de não imigrante foram emitidos a cada mês, muito menos do que a média de mais de 721.000 vistos de não imigrante que normalmente eram emitidos a cada mês em todo o mundo. Prioridades de vistos   Toda a rede consular está fornecendo serviços de visto de emergência e para atividades essenciais. No entanto, as operações completas serão retomadas aos poucos, com base nos desdobramentos da COVID-19. Os vistos de imigrante têm prioridade sobre os vistos de não imigrante e, geralmente, os pedidos de base familiar têm prioridade sobre os pedidos de emprego. O Departamento de Estado recentemente dividiu as categorias de visto de imigrante em quatro níveis de prioridade: Vistos de adoção, casos envolvendo limite de idade e certos vistos especiais de imigrante para cidadãos afegãos e iraquianos que trabalham para o governo dos EUA; Familiares próximos, noivos e noivas, e vistos para o retorno de residentes; Preferência familiar e vistos especiais de imigrante para determinados funcionários do governo dos EUA no exterior; Todos os outros vistos de imigrante, incluindo petições de visto de emprego e de diversidade. Com relação aos vistos de não imigrante, os candidatos com necessidades urgentes, diplomatas estrangeiros e viajantes envolvidos com atividades essenciais serão priorizados, seguidos por estudantes, intercambistas e alguns candidatos a visto de emprego temporário. O Secretário de Estado impôs uma determinação de interesse nacional em relação às categorias de viajantes elegíveis para exceções nos termos das Proclamações Presidenciais relacionadas à disseminação do COVID-19. Como resultado dessa determinação, os viajantes sujeitos a essas determinações devido à sua presença na China, no Irã, na Índia, no Brasil, na África do Sul, no Espaço Schengen, no Reino Unido e na Irlanda: que buscam fornecer suporte vital ou direção executiva para infraestrutura crítica; aqueles que viajam para fornecer suporte vital ou direção executiva para atividades econômicas significativas nos Estados Unidos; jornalistas; estudantes e alguns acadêmicos participantes de programas de intercâmbio; imigrantes; e noivos agora podem se qualificar para uma Exceção de Interesse Nacional (National Interest Exception – NIE). Esses viajantes qualificados que estão solicitando ou têm vistos válidos ou autorização ESTA podem viajar para os Estados Unidos seguindo os procedimentos, ainda que as Proclamações Presidenciais 9984, 9992, 10143 e 10199 permaneçam em vigor. Para reabrir totalmente os Estados Unidos aos imigrantes, a Associação Americana de Advogados de Imigração (AILA – American Immigration Lawyers Association) sugere que o Governo Biden expanda as opções de dispensa de entrevista e dispensa de visto ou forneça uma alternativa para acelerar a emissão de vistos no exterior. Só então os EUA irão efetivamente mover a fila de vistos, permitindo que as famílias se reúnam, os negócios cresçam e nossa prosperidade compartilhada aumente, ajudando os EUA e o mundo a se reconstruírem no pós-pandemia. Para mais informações, visite o link. Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no whatsapp Compartilhar no email Vamos conversar ?

Acúmulo de solicitações de vistos nos Estados Unidos devido ao coronavírus Read More »

Estados Unidos permite a entrada de novas categorias de visto

No dia 27 de maio de 2021, a Secretaria de Estado dos EUA ampliou sua lista de National Interest Exception (NIE), permitindo a entrada de mais categorias de estrangeiros. A nova determinação amplia a exceção para estrangeiros com vistos válidos que se qualifiquem para as seguintes atividades: Jornalismo e/ou disseminação de informações relevantes; Estudantes (vide detalhes abaixo); Pessoas qualificadas como imigrantes; Noivos de cidadãos americanos; Profissionais, investidores ou executivos que venham dar suporte ou direcionamento estratégico para projetos de infraestrutura e/ou aqueles que venham dar suporte vital ou direcionamento executivo estratégico para atividade econômica de grande relevância. Com esta ampliação, estrangeiros que se encaixam nestas hipóteses e vindos de países como Brasil, China, Irã, Índia, África do Sul, Reino Unido, Irlanda e outros, se qualificam para uma exceção ficando isentos da necessidade de quarentena de 14 dias, como determinava a Proclamação 9984. Atenção: viajantes dessas categorias, com visto válido, devem entrar em contato com a embaixada ou consulado dos EUA para solicitar o National Interest Exception (NIE). Clique aqui e leia o anúncio oficial da American Immigration Lawyers Association (AILA). A Drummond Advisors continua reunindo esforços para monitorar todas as mudanças relacionadas à imigração e mantê-los informados. Se você possui dúvidas, entre em contato pelo info@drummondadvisors.com Compartilhar Vamos conversar ?

Estados Unidos permite a entrada de novas categorias de visto Read More »

Vistos H, J e L: emissões dessas categorias são retomadas pelo governo americano

Informamos que a Proclamação Presidencial 10052 de junho de 2020, que suspendia as entrevistas nos consulados e embaixadas para emissão de vistos não-imigrantes do tipo H, J e L, expirou no dia 31 de março sem qualquer ação de renovação do governo Biden. Isso significa que os requerentes dessas categorias de visto que ainda não foram entrevistados ou agendados para uma entrevista terão seus pedidos priorizados e processados de acordo com as orientações do Departamento de Estado (DOS) para a retomada dos serviços de visto. Requerentes que tiveram seus pedidos de visto recusados devido às restrições da Proclamação 10052 podem enviar um novo pedido. Mas atente-se: as orientações sobre a retomada do processamento ainda são genéricas e estão sujeitas aos regulamentos locais de prevenção ao Covid-19. Os consulados dos EUA no Brasil permanecem fechados. O que significa que, não há, na prática, uma retomada efetiva nas entrevistas para emissão desses vistos até o momento. Apenas pedidos de emergência estão sendo considerados e avaliados caso-a-caso. Estamos monitorando todas as atualizações sobre os processos imigratórios e os manteremos informados. Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no whatsapp Compartilhar no email Vamos conversar ? Notícias relacionadas

Vistos H, J e L: emissões dessas categorias são retomadas pelo governo americano Read More »

Visto L1: afinal, como o processamento desse visto foi afetado pela pandemia?

Por Lucas Gotelip & Louanni Cesário Com as atuais medidas restritivas de entrada aos Estados Unidos  impondo um período de quarentena obrigatória para pessoas que estiverem fisicamente presentes em países considerados de alto risco, como o Brasil, e com a suspensão da emissão de certos vistos até 31 de março de 2021 devido à pandemia, tem se intensificado o surgimento de dúvidas relacionadas ao processamento e a emissão de vistos não-imigrantes como os vistos L1, H1B e J1. Mas o que muitos não sabem é que, apesar das medidas extraordinárias adotadas pelas autoridades americanas, a maioria desses vistos continua a ser processada normalmente quando se trata da análise de mérito conduzida pela USCIS nos EUA.  É o caso, por exemplo, do visto L1, uma das principais opções para a expatriação de executivos e gerentes para os Estados Unidos. Em termos gerais, o visto L1 permite a transferência temporária de um executivo ou gerente de um de seus escritórios estrangeiros, para um de seus escritórios nos Estados Unidos, configurando uma transferência intra-companhia. Esse visto possui duas fases distintas: a primeira referente ao envio da petição para a USCIS, órgão competente pela análise do mérito do processo, e a segunda relacionada ao procedimento de entrevista e emissão do visto em si, realizado pelos consulados dos Estados Unidos. A primeira fase não foi afetada durante a pandemia, seu processamento não está suspenso, sendo possível dar encaminhamento a ela sem qualquer alteração. Com a prorrogação da Ordem Executiva (“Presidential Proclamation”) nº 10052, a fase consular do visto L1 foi fortemente impactada, uma vez que os consulados do Estado Unidos, subordinados ao Departamento de Estado, suspenderam a emissão de vários vistos não-imigrantes, incluído o visto L1.  No entanto, é fundamental ressaltar que as ordens executivas atingem apenas as relações exteriores, não impactando os regulamentos federais internos. Dessa forma, a ordem executiva não impactou em nada a primeira fase do visto L1 e a USCIS, que é uma agência subordinada ao Departamento de Segurança Interna (“Department of Homeland Security” ou “DHS”) continua a receber, analisar e emitir decisões referentes ao mérito do visto normalmente. Isso porque a imigração é considerada um serviço essencial e, portanto, nunca foi interrompida, mesmo durante a pandemia. Além do mais, a partir da aprovação do visto pela USCIS, é possível evitar temporariamente a fase consular, por exemplo, com a realização de um “Change of Status” para o status L1, desde que o beneficiário esteja dentro dos Estados Unidos sob o status válido de outro visto não imigrante, como o do visto B1. Também é importante destacar que existem exceções à ordem executiva, que permitem a emissão emergencial do visto pelos consulados. Uma delas são os pedidos de exceção de interesse nacional, conhecidos como “National Interest Exemption” ou “NIE”.  Executivos ou gerentes cujo mérito do visto L1 já foi aprovado pela USCIS podem se apresentar aos consulados ou embaixadas americanas no exterior com pedidos de NIE, baseado na urgência da viagem e nos benefícios diretos e/ou indiretos que a sua presença trará aos Estados Unidos, devido, por exemplo, ao tamanho ou valor da operação, a área de atuação da empresa ou a criação de empregos. Por exemplo, nossos clientes da InLoco optaram por dar continuidade ao processamento do visto L1 de um de seus executivos durante a pandemia, tendo obtido grande sucesso: “Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, optamos por dar seguimento a aplicação do visto L1 do mais alto executivo da nossa empresa e dar início às nossas operações dentro do nosso cronograma. Logo após a aprovação do visto, nosso CEO, que já estava fisicamente presente nos EUA, recebeu sua atualização de status para L1A e iniciou seu trabalho de executivo na empresa americana”. (Berg Melo, Legal Analyst da InLoco) Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no email Vamos conversar ? Notícias relacionadas

Visto L1: afinal, como o processamento desse visto foi afetado pela pandemia? Read More »

Biden revoga medida que restringia concessão de vistos de imigrante

No dia 24 de fevereiro, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, revogou a medida que restringia a entrada de determinados vistos de imigrantes no país. A partir dessa data, fica permitida a entrada e concessão dos seguintes vistos nos Estados Unidos: Candidatos a residência permanente que são pais ou irmãos de cidadãos norte-americanos e Candidatos a vários tipos de greencards baseados em empregos, como EB-1, EB-2 e EB-3. Candidatos que ainda não foram entrevistados ou agendados para uma entrevista terão seus pedidos processados ​​de acordo com a retomada gradual da estrutura de serviços de visto. Solicitantes de visto de imigrante cujas petições permanecem válidas e que foram entrevistados anteriormente, mas tiveram seus pedidos recusados devido a Proclamação 10014, devem aguardar instruções da embaixada ou consulado dos EUA onde foram entrevistados. O Departamento de Estado reconsiderará os casos que foram recusados ​​anteriormente por causa da Proclamação 10014 e informará os candidatos se forem necessárias informações adicionais. Importante destacar que as restrições de entrada para cidadãos não americanos advindos de países como Reino Unido, Brasil, Irlanda, África do Sul e grande parte da Europa continuam válidas. Consulte os advogados de imigração da Drummond Advisors antes de planejar a sua viagem. Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no whatsapp Compartilhar no email Vamos conversar ?

Biden revoga medida que restringia concessão de vistos de imigrante Read More »

Período de registro inicial do visto H-1B começa em 9 de março

No último dia 05, O USCIS publicou o cronograma para o período de registro do visto H-1B FY2022. De 9 de março de 2021 a 25 de março de 2021, os possíveis peticionários e representantes poderão se cadastrar por meio do registro eletrônico. Cronograma de Registro H-1B FY2022 9 de março: processo de registro do H-1B será aberto ao meio-dia, horário do leste dos EUA; 25 de março: processo de registro do H-1B será encerrado ao meio-dia, horário do leste dos EUA; 31 de março: Data em que o USCIS pretende notificar os registrantes selecionados; 1º de abril: Data mais próxima em que as petições H-1B FY2022 podem ser protocoladas. Para conhecer o novo processo para obtenção do visto H1B e saber como se aplicar, leia o artigo completo feito pelo nosso time da área imigratória: clique aqui. Para ler o anúncio oficial publicado no site do USCIS clique aqui. Leia mais sobre o assunto: Confira se você pode se aplicar para o visto H1B Respondemos perguntas frequentes sobre o visto H1B, sua dúvida pode estar aqui! Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no whatsapp Compartilhar no email Vamos conversar ?

Período de registro inicial do visto H-1B começa em 9 de março Read More »

Você conhece o novo processo para obtenção do visto H1B?

Por Louanni Cesario e Ana Laura Castro  O que é o visto H1B?  O visto H1B é direcionado a profissionais estrangeiros, mais especificamente, voltado para uma mão de obra especializada e não facilmente encontrada nos EUA, ou seja, profissionais graduados e com experiência bastante específica em seu campo de atuação. Para que se enquadre no termo mão de obra especializada, que caracteriza o visto H1B, o profissional deve possuir o treinamento e as aptidões necessárias para aplicar de forma teórica e prática seus conhecimentos ao exercer o cargo ofertado e possuir um bacharelado ou um diploma de grau superior relacionado às atividades a serem desenvolvidas nesse cargo para que, nesse sentido, o Departamento Laboral entenda que esse profissional está apto a exercer as atividades descritas na vaga.   Durante o processo de aplicação do visto, é necessário comprovar que a vaga que se destinará ao estrangeiro foi oferecida à profissionais nos EUA, porém, os candidatos não possuíam as qualificações necessárias para exercer o cargo. Cumpre ressaltar que uma empresa americana deverá patrocinar o pedido de visto perante a USCIS como Sponsor.  A quantidade de vistos H1B disponíveis por ano fiscal é delimitada por um CAP number de 85.000 vistos, sendo que 20.000 vagas são reservadas para pessoas com um diploma de mestrado ou doutorado realizado nos Estados Unidos. Outro dado interessante relacionado ao visto H1B é que o ano fiscal se finda no dia 30 de setembro de cada ano e se inicia no dia 01 de outubro do mesmo ano.  A loteria do H1B antigamente  Anteriormente ao ano de 2020, os empregadores deveriam submeter as petições completas contendo o pedido de H1B no dia 1º de abril. Após o período de submissão das petições, o USCIS, órgão governamental americano responsável pela imigração no país, conduziria a loteria, que também pode ser chamada de sorteio. Em meio a todas as petições submetidas, apenas aquelas sorteadas na loteria seriam aceitas e processadas pelo USCIS. Portanto, nota-se que todo o trabalho preparatório para a submissão do visto deveria ser feito até 1º de abril e corria-se o risco de que a petição não fosse nem mesmo analisada se não fosse sorteada.   A nova loteria de H1B  De acordo com uma decisão publicada em 2019, a loteria do H1B foi completamente modificada. Atualmente, a nova loteria é precedida por um processo de Pré-Registro Eletrônico que deve ser feito por meio de uma conta no servidor do USCIS, órgão americano de imigração. Este Pré-Registro Eletrônico deve ser realizado em um período específico e anterior ao sorteio. Neste caso, todos os aplicantes que desejam participar da loteria deverão estar cadastrados no site e realizar seu pré- registro.   Neste momento será necessário pagar uma taxa que está, atualmente, no valor de US$10,00 por profissional aplicante e fornecer informações da empresa e do Beneficiário. Após a loteria, ocorrida no mês de março, se eventualmente o profissional for selecionado, os empregadores dos registros selecionados irão então apresentar suas petições ao USCIS para processamento junto com as taxas de registro apropriadas e a documentação de apoio dentro de 90 dias ou de acordo com os prazos estabelecidos pelo USCIS. Se a petição for aprovada, o visto H-1B será emitido e a data de início do beneficiário será 1º de outubro do mesmo ano. Além disso, é possível que no segundo semestre, antes do dia 1º de outubro, os profissionais não selecionados anteriormente no sorteio possam ser selecionados para ocupar o lugar daqueles que foram selecionados previamente, mas tiveram a petição negada ou não submeteram seu pedido pelo visto.  O USCIS afirma que o novo sistema de Pré-Registro Eletrônico da loteria H1B reduziria o custo geral para os peticionários e para o próprio USCIS, diminuindo também a carga administrativa do órgão que, no passado, deveria lidar com pacotes físicos de milhares de petições que poderiam não ser selecionadas e nem analisadas. Além disso, cada empresa patrocinadora pode enviar apenas uma inscrição por profissional no momento de Pré-Registro Eletrônico.   Se um único patrocinador enviar mais de um registro para o mesmo beneficiário, todos os registros enviados por essa empresa a este profissional serão considerados inválidos e serão negados. Dessa forma, as chances de fraude são minimizadas.  Por fim, retoma-se que o processo de aplicação para o visto H1B passou a se dar em duas fases, a fase de Pré-Registro Eletrônico e a fase pós sorteio ou loteria. O visto, via de regra, tem validade por no máximo 3 anos, lembrando que essa determinação está sob a discricionariedade do agente imigratório que irá avaliar a petição. Ademais, os familiares daqueles que tem um visto H1B podem acompanhá-los com o status de H4.  Sai mais em:Como posso me aplicar para o visto H1B? Saiba tudo sobre o visto H1B Confira mais informações sobre o visto H1B no vídeo a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=_jT52qTlzAghttps://www.youtube.com/watch?v=K3vUFKJY_NE Compartilhar Compartilhar no facebook Compartilhar no linkedin Compartilhar no whatsapp Compartilhar no email Vamos conversar ?

Você conhece o novo processo para obtenção do visto H1B? Read More »

Rolar para cima
Pesquisar