Vagas superam número de candidatos em algumas áreas de trabalho nos Estados Unidos

O mercado de trabalho nos Estados Unidos está aquecido! É o que aponta uma recente pesquisa divulgada pelo LinkedIn. A força de trabalho no país conta atualmente com menos de três milhões de pessoas desde o começo da pandemia – a ausência de mão de obra durante o período mais crítico da quarentena fez com que acontecesse uma recuperação desigual nos quadros de colaboradores entre as empresas. Isso significa que muitas instituições estão em busca de novos funcionários para preencher essas lacunas que foram abertas nos últimos três anos.

De acordo com os dados do LinkedIn, os mercados de trabalho nos EUA atualmente se enquadram nas três seguintes categorias:

  • Indústrias cujo mercado de trabalho está um pouco estacionado: Administração governamental, educação e serviços de consumo

Essas indústrias enfrentam um excesso de pessoas em busca de trabalho em comparação com o número de vagas que estão disponíveis. Os trabalhadores precisam se aplicar para um grande número de vagas antes de conseguirem uma colocação. Em contrapartida, as empresas conseguem contratar sem precisar aumentar salários.

  • Empresas com mercado ligeiramente limitados: Provedores de entretenimento, tecnologia e informação, mídia, serviços profissionais (inclui firmas de contabilidade e consultoria), imóveis, varejo e serviços financeiros.

Nesse segmento, quem procura por emprego está encontrando mais oportunidades do que antes da pandemia, e os empregadores estão se sentindo pressionados a aumentar os esforços de contratação e retenção de funcionários.

  • Empresas com muitas oportunidades de mercado e pouca oferta de mão de obra: hotéis, petróleo e gás, hospitais e saúde.

Empregadores estão enfrentando uma demanda crescente de serviços e não estão conseguindo preencher as vagas com rapidez suficiente. O número de vagas abertas superou o de candidatos.

O cenário de mercado aquecido que acontece agora nos Estados Unidos já era uma realidade na Drummond Advisors antes mesmo do fim da pandemia. Entre 2020 e 2022 a empresa dobrou de tamanho, saindo dos 90 funcionários no início de 2020 para uma atual equipe com mais de 200 colaboradores espalhados pelos quatro cantos do globo.

Esses números são o reflexo da expansão da Drummond, que sempre atenta às inovações do mercado, oferece cada vez mais soluções em contabilidade e serviços jurídicos personalizadas para clientes que estão em busca de internacionalização. A expectativa é continuar no mesmo ritmo de crescimento em 2023.

Outro diferencial da Drummond, que já era prática na empresa desde antes da quarentena e propiciou o crescimento rápido do quadro de funcionários é o trabalho remoto com flexibilidade de horários.

Possui interesse em trabalhar conosco? Temos vagas abertas! Inscreva-se e venha fazer parte do nosso time: https://drummond.solides.jobs/

Escrito por Aline Ribeiro, Consultora Sênior de Comunicação

Rolar para cima
Pesquisar